Arquivo do mês: setembro 2007

Beijing 2008

Agência: MUW Saatchi & Saatchi, Slovakia
“Para garantir a estabilidade e a harmonia no país durante os jogos olímpicos de 2008, o governo chinês continua detendo e molestando ativistas políticos, jornalistas, advogados e os direitos humanos dos trabalhadores”.
Se envolva: www.amnesty.sk

amnestyrings.jpg

barra.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em * Impresso

Oliviero Toscani

Lembra do Oliviero Toscani?
Aquele fotografo italiano que escreveu “A publicidade é um cadáver que nos sorri” e fez aquelas campanhas polêmicas para Benetton.
Já li esse livro e achei muito legal.
Mas não aprendi nada, se é que é possível aprender comunicação em algum livro.
Na minha opinião o que ele diz não funciona para vender produtos ou serviços. Mas sim para fazer arte e conscientizar as pessoas.
E não é bem isso que uma marca quer quando investe milhões em comunicação.
Todas as campanhas que esse cara faz ele coloca uma foto polêmica e o logo da marca.
Não foi diferente agora que ele foi chamado para fazer a campanha de uma marca de roupas italiana chamada “No-l-ita”
Ele resolveu concientizar as mulheres sobre aneroxia para vender um pouco mais de roupa da marca.
Claro que a campanha gerou muita polêmica e debates entre politicos e publicitários italianos.
Aliás, se o objetivo é gerar polêmica, chama o Toscani.

toscani.jpg

barra.jpg

2 Comentários

Arquivado em * Impresso, * Polêmica

Triste coincidência

Saiu no Blue Bus: O banner da campanha do C4 Pallas com Kiefer Sutherland está sendo exibido na mesma pagina em que sai a noticia de que o ator foi preso esta madrugada por dirigir embriagado.

barra.jpg

Deixe um comentário

Arquivado em * Diversos, * Internet

The Economist e os Blogs.

Recentemente o Estadão chegou ao diagnostico de que os blogs são uma ameaça para a marca.
Fez aquela campanha que a gente já conhece (aqui e aqui) e que está no ar até hoje.
Campanha que gerou muito falatório na internet e até debates e mesas redondas entre o Estadão e os blogueiros.
Teve diretor de criação justificando a campanha no Blue Bus, teve gente revoltada, teve gente que entendeu o ponto de vista do Estadão, mas o negócio é que a mensagem é clara e é uma só.
Eu concordo que tem muita coisa ruim na internet, aliás, a grande maioria das coisas.
Mas não são essas porcarias que ameaçam o Estadão.
Mas e quanto aos blogs de respeito e credibilidade?
Esses são uma ameaça? .
Não para o Economist.
O que a revista Economist fez foi exatamente ao contrário.
Ela identificou os cem blogs mais importantes dos EUA para fazer uma parceria com o objetivo de gerar mais repercussão sobre suas matérias.
Eles passam antecipadamente uma prévia do que será publicado na edição impressa para os blogueiros comentarem o assunto antes.
Olha o que disse Mike Seery do The Economist Group:
“What we’ve found to be very successful for getting views is to actually engage with bloggers.”
Disse que blogs e sites de notícias políticas são os maiores responsáveis por trazer leitores para o site do jornal, através de seus links.
Já que muitas vezes o site do jornal é a fonte da notícia a ser comentada.
Onde um enxergou ameaça outro enxergou oportunidade.
Acho que o principal motivo disso é a maneira como encaramos esse novo momento que passamos.
Uma fase de muitas mudanças e de transição.
Não estamos mais no passado, mas também ainda não chegamos no futuro.
Não temos certeza de muita coisa, mas quem entender melhor o momento e que vai se dar bem.

Deixe um comentário

Arquivado em * Visões

Goodyear

Agência: Grey de Istambul.
Goodyear – Because not all tires are the same.
via: adverbox

barra.jpg

Deixe um comentário

Arquivado em * Impresso

Sample Lab – Consumers to sample and test new products

samplelab_2.jpg

Há uns dois meses abriu em Tóquio uma loja, chamada Sample Lab, que tem como objetivo testar a aceitação dos consumidores para novos produtos e obter informações sobre o perfil das pessoas que comprarão os produtos.
Nessa loja só tem produtos que ainda não foram para o mercado.
E o consumidor tem que virar sócio, pagando uma taxa anual (1000 yen), para poder usar a loja.
Pelo que eu entendi as pessoas (sócios) podem escolher até cinco produtos para levar para casa de graça por visita.
Dessa forma eles podem estudar melhor o comportamento e o perfil de cada consumidor para entender o que ele realmente deseja (se é que ele sabe mesmo).
Achei um vídeo da loja, todo em japonês, mas já da para ter uma idéia do que é essa novidade.
Achei a idéia muito legal, principalmente para estudar esse tipo de perfil de consumidor, que está sempre atrás de novidades e quer ser sempre o primeiro a experimentar ou comprar.

sample.jpg

barra.jpg

2 Comentários

Arquivado em * Invenções, * Tendências

The Simpsons Game

barra.jpg

Deixe um comentário

Arquivado em * Vídeos