Arquivo do mês: junho 2011

WALKERS CRISPS Sandwich

O primeiro Cannes Effectiveness da história:

Creative Effectiveness Lions honour creativity which has shown a measurable and proven impact on a client’s business – creativity that affects consumer behaviour, brand equity, sales, and where identifiable, profit.

Porém não é todo mundo que pode participar:

Only entries that were either shortlisted or winners, across any category, at Cannes Lions in 2010 will be eligible to enter into Creative Effectiveness Lions.

Além disso não tem ouro, nem prata, nem bronze. Só o GP – e o esquema é esse: Strategy (25%), the idea (25%) and results (50%).

E esse ano quem levou foi a PepsiCo Inc na Inglaterra para as batatinhas Walkers Crisps.

Criação da Abbott Mead Vickers BBDO

2 Comentários

Arquivado em * Campanhas, *Planejamento

Otrivin Nasal Spray

Outro bom de Cannes. Esse levou ouro:

Saatchi de Geneva

Deixe um comentário

Arquivado em * Videos comerciais

Asan (for men)

For men hair, body & balls.

Agency: LOS&CO, Oslo, Norway.

Deixe um comentário

Arquivado em * Diversos

Paul Isakson – Things Left Unshared

Slide que faz parte de uma apresentação que o Paul Isakson acabou de jogar no slideshare.

via – paulisakson

Deixe um comentário

Arquivado em * Apresentações

SNICKERS – “Party”

Celebridade é um dos maiores males da propaganda. Na grande maioria das vezes apenas o aval da pessoa é utilizado e nada mais. E a única coisa que os estrategistas fazem nesses caminhos é analisar a relação entre a celebridade e a marca. Quem gosta muito desse tipo de estratégia é a Grazi Massafera, o Luciano Huck, a Ivete Sangalo e o Wagner Moura.

Mas até que dá para entender esse caminho porque a celebridade influencia no nível de atenção que as pessoas dão à mensagem, na percepção de preço do produto, na percepção de qualidade, na disposição para experimentar um produto, na percepção de atributos e valores da marca. Mas acontece que o simples uso da celebridade na campanha implica muitas vezes na ausência de estratégia. Ou seja, escolher uma celebridade só porque ela casa bem com a linha criativa e a marca não é uma estratégia.

Exceções são raras. Como esse filme que acabei de ver da Snikers que usa duas celebridades poderosas (Joe Pesci e Don Rickles), mas de uma maneira mais inteligente e conceituada dentro do que foi proposto para a estratégia do produto. Bem legal.

Agora: Why eat a snickers when I can turn into Joe Pesci?

Com essa campanha a marca levou um bronze em Cannes com o filme Logging

Deixe um comentário

Arquivado em * Campanhas, * Videos comerciais

NAB: Break up

Uma puta campanha – que começou com um tweet.

Grand Prix PR Lions de 2011:

  

Clemmenger BBDO, Melbourne / Australia

Deixe um comentário

Arquivado em * Campanhas, *Cannes

Allstate

Deixe um comentário

Arquivado em * Campanhas, * Videos comerciais